USP lança campanha de convivência com cães

Campanha terá três fases durante o ano; totens com mensagens contra o abandono já estão instalados nas portarias da Cidade Universitária

Convivência. Este é o principal conceito da nova campanha instalada na Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira” (CUASO). Com três fases previstas durante o ano, a ação abordará temas como abandono, respeito, cuidado, amizade e adoção.

Complementando a primeira campanha, realizada em 2011, a iniciativa pretende não apenas inibir o abandono como também estimular o convívio harmonioso com cães. Esta campanha integra o esforço da Prefeitura do Campus USP da Capital (PUSP-C), juntamente com o Conselho Gestor do Campus, para a definição de uma nova política de convivência com cães na CUASO.

Na primeira fase, o objetivo é sensibilizar as pessoas que abandonam seus cães, principalmente quando estão doentes ou nas proximidades de feriados e férias. A segunda fase da campanha procurará incentivar a adoção dos cães resgatados na CUASO e que hoje se encontram no abrigo temporário para cães da PUSP-C. Já a terceira fase tratará da convivência, tanto com cães de estimação quanto com cães soltos pela CUASO.

campanha convivência cães

Continuamos de olho

Para além do cumprimento da Lei Federal contra o abandono e os maus tratos de animais (9605/98), a PUSP-C tem procurado maneiras de promover e manter a qualidade de vida dos usuários do Campus da Capital. Para tanto, iniciou, em parceria com a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) e com a colaboração de voluntários, a identificação dos cães soltos na CUASO, a captura desses animais, a análise comportamental, a elaboração de um perfil sanitário – que consiste em exames clínicos e laboratoriais – e a realização de esterilizações, quando necessário. Isso tudo para que os animais soltos não ofereçam perigo ou desconforto aos usuários. Este trabalho será estendido às demais áreas do Campus da Capital ao longo do ano.

A PUSP-C dispõe de uma área em sua estrutura voltada ao monitoramento da fauna no Campus da Capital. Nela, há colaboradores exclusivamente dedicados aos cães resgatados na CUASO e que passam por processo de socialização ou por cuidados médicos. Após o tratamento, estes cães ficam disponíveis para adoção.

Serviço
Central de Operações da CUASO: 3091-4222
(Em caso de ocorrências envolvendo cães)
Serviço Técnico de Saúde Ambiental – PUSP-C
saudeambiental@usp.br
Conheça o material de divulgação da campanha clicando aqui.

Publicado em 15/02/2013