Meta de sustentabilidade – Lâmpadas fluorescentes

Visando a diminuição do impacto ambiental e os riscos à saúde do trabalhador, o Serviço Técnico de Gestão de Resíduos da Prefeitura do Campus USP da Capital-PUSP-C,  realiza a gestão das lâmpadas fluorescentes, dando sequência às ações de sustentabilidade no campus.

Nos últimos dois contratos, foram tratadas corretamente 58.343 unidades de lâmpadas inteiras e 182,1 quilos de lâmpadas quebradas dos campi Armando de Salles Oliveira – CUASO, Quadrilátero da Saúde e Escola de Escola de Artes – QSD e Ciências e Humanidades – EACH.

As lâmpadas fluorescentes possuem em sua composição vapor de mercúrio (Hg), substância perigosa que se dispersa no ambiente quando há o rompimento do terminal metálico ou quebra da lâmpada, causando danos ambientais.

Nossa meta ambiental  é a diminuição do descarte de lâmpadas quebradas e para tanto, contamos com os cuidados no manuseio dessas lâmpadas pelas equipes de manutenção das Unidades.

Quantidade de lâmpadas tratadas 2015/2016 2016/2017
Inteiras (unidades) 48.000 58.343
Quebradas (kg) 150,5 182,1

Materiais tratados e encaminhados à reciclagem: 14.221 kg de vidro, 830 kg de metal e 296 gramas de mercúrio*.

*Cada 5 mg de mercúrio, pode poluir 30.000 litros de água.

A área responsável está intensificando as ações promovendo:

  1. comunicados junto às equipes de manutenção das Unidades, visando cuidados no manuseio e acondicionamento das lâmpadas fluorescentes;
  2. capacitação dos funcionários das áreas de manutenção das Unidades;
  3. depósito unificado de resíduo lâmpadas fluorescentes inteiras e quebradas para  tratamento e destinação ambientalmente adequado;
  4. contratação de empresa especializada, para efetuar o tratamento das lâmpadas fluorescentes e destinação final ambientalmente adequada, seguindo as normas ambientais vigentes.

Para informações sobre o manejo, clique aqui

Responsável da área: Sra. Aline  e-mail aline.mellucci@usp.br